O termo “home office” é um dos grandes temas quando o assunto é o trabalho do futuro, e em meio a esse contexto de crise e de mudanças econômicas e políticas, esse futuro parece ter chegado sem aviso prévio.

O emprego de carteira assinada segue escasso e, na necessidade, nos vemos em casa à frente do computador pesquisando formas de empreender e de como ganhar dinheiro pela internet.

Nesse cenário de mudanças e adaptações a curtíssimo prazo, a melhor saída seria ajustar nossa rotina. Trabalhar em casa já é um fato e ajustes precisam ser feitos. O momento é agora!

É importante esclarecer algumas questões e desfazer alguns mitos sobre o trabalho realizado de forma remota. Vem comigo:

1. Home office não significa “trabalho em casa”


Essa é a tradução correta do termo, mas no Brasil ele indica de forma geral o trabalho que é realizado em espaço diferente do escritório de uma empresa.

Este local pode ser, ou não, um escritório montado em casa. Uma pessoa pode desempenhar “home office” em cafés, hotéis, aeroportos, táxis, parques…ou em casa.

O termo mais exato para definir esta forma de trabalho poderia ser trabalho remoto.

2. Home office ainda não é para todos

Infelizmente nem todo o profissional pode trabalhar na modalidade de home office. Existem muitas profissões que exigem um local específico para serem desempenhadas.

Quem é empreendedor e quer ter uma empresa ou somente testar a possibilidade de uma ideia, pode abrir sua empresa em casa e começar a trabalhar.

Já quem é colaborador de uma empresa depende de uma série de outras questões para ser candidato a este formato de trabalho.

3. Home office não significa ganhar dinheiro fácil

Quando pesquisamos pelo termo “home office” na internet, aparecem muitas ofertas de “trabalhe sem sair de casa”, “dinheiro rápido”, como se fosse a coisa mais fácil do mundo!

São muitas promessas de renda extra onde a pessoa tem a possibilidade de receber valores consideráveis trabalhando somente algumas horas do dia. Não se iluda com essas promessas. Cuidado com os aproveitadores!

Você que acompanha o Job em casa, já deve ter lido em outros artigos que trabalhar em casa exige muito esforço, disciplina, dedicação e muito comprometimento. E isso está distante de ser trabalho fácil.

A necessidade de pesquisar e entender o tema

Esta modalidade de trabalho está evoluindo no Brasil. Porém, muitas questões ainda permanecem, gerando dúvidas e até desconfianças.

Por isso a importância de pesquisar sobre o assunto e esclarecer mais o tema.

Se encararmos o trabalho remoto com responsabilidade, com a mesma seriedade com a qual nos dedicamos ao formato de  trabalho regular,  em pouco tempo estaremos em pé de igualdade a países como EUA e Inglaterra, onde esta modalidade já é recorrente e traz muitas vantagens para milhões de empresas e trabalhadores.

As vantagens de se trabalhar em casa

 

A opção de poder trabalhar em casa oferece muitos benefícios. Entre eles:

  • Não há trajeto – Você não precisa fazer aquele deslocamento diário para ir e voltar do trabalho. Isso economiza tempo e dinheiro.

E se o seu negócio em home Office for online, assim como é o meu, você nem precisa colocar uma roupa específica, se maquiar.

Você pode trabalhar de pijama ou com roupas leves como uma bermuda, chinelo e camiseta, se preferir.

  • Mais flexibilidade – Trabalhar em casa permite que você trabalhe nos seus horários mais produtivos, e crie uma forma de trabalho que funcione para você.
  • Menos estresse – Trabalhar no conforto do seu lar permite que você tenha uma vida menos estressante.

E toda vez que o trabalho estiver muito exaustivo, você tem a liberdade de dar pequenas pausas em suas atividades.

  • Economizar dinheiro – Não apenas você pode economizar dinheiro, evitando o longo trajeto, mas também aproveitar os gastos habituais da casa como luz e internet.
  • Harmonia entre trabalho e vida pessoal – Você pode administrar os seus horários com mais facilidade e assim conciliar a sua vida pessoal e profissional com mais fluidez.

As desvantagens de trabalhar em casa

Porém… Como nem tudo na vida são flores, trabalhar em casa tem sim suas desvantagens. Assim sendo, ao optar por esta modalidade de trabalho, é necessário fazer algumas observações:

  • Autodisciplina – Trabalhar em casa nos leva a muitas distrações: Filhos, telefone, TV, cachorro, papagaio, periquito e por aí vai.

Você precisa ter muito foco e traçar um planejamento com horários bem específicos pra você se dedicar exclusivamente ao seu trabalho.

 

  • Solidão – Trabalhar sem o contato dos colegas de trabalho pode ser muito isolado e solitário.
  • Falta de limites – Pode acontecer de você se envolver tanto com o trabalho e não conseguir separar a vida profissional da sua vida pessoal e acabar trabalhando demais.
  • Criar laços de amizade – É difícil estabelecer relacionamentos com colegas e clientes quando você não tem um contato cara a cara diariamente.

Como o meu negócio é na internet, uma boa parte das amizades e parcerias que eu faço hoje, são virtuais.

  • Menos aprendizado – Os colaboradores de uma empresa estão constantemente aprendendo com seus colegas.

Quando você trabalha em casa, precisa se esforçar muito pra gerar conexão, oportunidades de networking e aprendizado por conta própria.

É minha gente, a “coisa” não é assim tão fácil como parece, não. Como tudo na vida, né?

Está em suas mãos o poder de decidir se trabalhar em casa é adequado para o seu tipo de negócio. Além de refletir sobre as vantagens e desvantagens descritas aqui, você também precisa considerar o tipo de atividade que realiza.

Ao analisar essas questões, você poderá decidir o que de fato vai funcionar melhor para os seus negócios.

E se a sua decisão for positiva, deixo aqui algumas dicas de como criar o seu Home Office.

Ao montar uma estrutura de home Office leve em consideração:

1. O local dentro de casa onde será realizado o seu trabalho.

 

No início, provavelmente não haverá um cômodo ideal, mas a área disponível e sua utilidade devem ser levadas a sério.

Evite sacrificar os cômodos mais usados da casa: o quarto não seria o local mais indicado para casais, assim como a sala de TV não seria a escolha ideal numa casa com filhos.

Além de atrapalhar a sua família, isso iria comprometer a sua concentração no seu trabalho.

2. Use o que você tem

Reaproveite um móvel existente de forma definitiva.

Evite usar sua mesa de jantar para trabalho, ou pior, sua cama! Um aparador, escrivaninha ou bancadas retráteis cumprem bem essa função sem necessidade de gastos.

3. Ergonomia: preocupe-se com sua saúde

Optar por cadeiras com ajuste, acessórios para apoio e regulagem de monitores e notebooks, e iluminação apropriada, garantem que sua saúde e condições físicas sejam preservadas.

– Se o período em que permanecer sentado não for tão longo, modelos mais simples de cadeira poderão ser considerados. Prefira as estofadas e com braço.

– Como é comum nos escritórios corporativos, os acessórios sobre a mesa podem ajudar muito na organização dos papeis e dos demais materiais de trabalho

– A luz ideal para o ambiente de trabalho é a branca. Se o local do home office for compartilhado com outro ambiente de luz amarela no foco principal, adapte uma luminária de mesa para apoio. Outra dica legal é aproveitar a luz do dia, trabalhar com as janelas abertas e até utilizar a parte externa da casa quando possível. Eu gosto muito!

Conclusão

O objetivo desse artigo é te apresentar esta modalidade de trabalho que no Brasil está se tornando cada vez mais comum. E de fornecer algumas dicas de como tornar o seu ambiente de trabalho o mais funcional possível.

Todavia, se nesse momento as únicas coisas que você tem para iniciar o seu negócio online for apenas um computador e uma internet, saiba que você tem em suas mãos o que é principal. Apenas comece.

E a medida que você tiver resultados financeiros, vá investindo no seu negócio para que ele se torne ideal para atender as suas necessidades. Não espere a hora certa chegar. Faça acontecer!

Pessoalmente, acredito que as vantagens de se trabalhar em casa são bem maiores. E as desvantagens podem sim, serem ajustadas.

Trabalhar em casa contribuiu muito para melhorar minha saúde. Hoje eu me sinto mais disposta e com mais energia.

Espero de coração que eu tenha te ajudado a decidir se o modelo Home Office de fato é pra você e se atende bem o seu tipo de negócio.

Sobre o Autor

Jouse Ferreira
Jouse Ferreira

Conheça a Jouse Ferreira na seção "sobre mim" na página Home

1 Comentário


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *