Para muitas mulheres o trabalho corporativo perde o sentido após a maternidade. O blog job em casa nasceu a partir desse acontecimento. (Se você já conhece a minha história, tudo bem. Mas se ainda não conhece, clique aqui e saiba mais). Depois que tive a Yasmim decidi me aventurar no empreendedorismo com o objetivo de ficar perto dela e acompanhar seu desenvolvimento.

Sendo uma mãe e agora uma empreendedora, comecei a entender os desafios de se construir um negócio e administrar uma família.

Às vezes, é difícil decidir a quem atender primeiro – um bebê chorando ou uma ligação do cliente? A gente quase enlouquece! Rs

Mas há algumas mães que aprenderam a arte de ser bem sucedidas. Por sucesso, quero dizer mães que estão realmente gostando de balançar seus pequeninos enquanto balançam seus objetivos de negócios também.

Sim, o sucesso é uma arte, e algumas empreendedoras dominam essa arte encontrando o equilíbrio perfeito entre malabarismo de bolsas de fraldas e ao mesmo tempo seus notebooks.

Se você também está tentando se equilibrar entre os negócios e a maternidade, segue alguns conselhos que irão te ajudar a ser uma mãe melhor e uma empreendedora de excelência.

 

Defina expectativas realistas

 

Entender suas limitações é muito importante nesse processo, não se cobre tanto, lembre-se que agora você tem um bebê, muitas vezes o seu negócio será construído num ritmo lento, com pequenas pausas mas o mais importante é manter o foco e a constância e não travar.

 

Estabeleça metas semanais e vá distribuindo em pequenas metas diárias.

 

Não se apressar para atingir um mega faturamento também vai te  ajudar a permanecer positiva e no caminho certo durante os altos e baixos do ciclo de vida do seu negócio.

 

Faça parcerias

 

Image by rawpixel from Pixabay

 

Seja qual for o seu negócio, trabalhe com pessoas que têm as habilidades que te faltam. Trabalhar sozinha não é má idéia, mas você já ouviu dizer que 2 cabeças pensam melhor do que uma?

As parcerias fortalecem os negócios e complementam nossas próprias habilidades, nos encoraja e contribui para canalizarmos nosso tempo e nossos esforços para nos concentrarmos em tarefas nas quais somos melhores.

O trabalho em equipe faz o sonho funcionar, então se você quer construir seu negócio, encontre sua própria tribo e comece a trabalhar em conjunto em direção a um objetivo comum.

 

Ouça sua voz interior

 

Nem sempre as pessoas vão dar crédito ou apoio ao seu sonho e você precisa estar preparada pra isso.

Tenha convicção do que você deseja pra sua vida e acredite em si mesmo e ouça sua intuição e sobretudo tenha fé.

Eu também costumo orar e pedir a orientação de Deus pra minha vida e Ele nunca me faltou. Sempre vou  recomendar que você faça o mesmo, seja na vida pessoal ou profissional.

Se você está confusa sobre suas decisões de negócios, sente-se, medite,ore.

Converse com pessoas que já obtiveram sucesso no seu ramo de atuação para obter clareza e encontrar suas próprias respostas.

 

Forneça valor primeiro

 

Ao adicionar valor primeiro, a receita e o sucesso se seguirão. É natural se sentir pressionada diante das necessidades e isso nos faz focar muito no dinheiro, e quando isso acontece, ele foge da gente.

Meu conselho para você que já empreende ou deseja empreender é foque nas pessoas, e nas suas dores. O serviço ou produto que você oferece precisa antes de mais nada atender a necessidade do seu publico. Quando isso acontecer as vendas do seu produto ou as contratações dos seus serviços serão inevitáveis.

 

Seja quem você é

 

Um dos muitos fatores positivos em empreender é que o seu negócio pode ter a sua cara.

É fácil perder a genuinidade ao tentar encaixar-se nos moldes dos estereótipos comerciais. Lembre-se sempre de que você pode alcançar todos os seus objetivos e ser bem-sucedida definindo suas próprias regras e sendo autêntica ao seu verdadeiro eu.

Não tenha medo de ser quem você é e de estabelecer a sua marca.

Muitas pessoas irão se conectar a você e você ficará surpresa como o seu jeitinho único de ser vai acrescentar e muito na vida das pessoas.

Ser mãe e empreendedora certamente não é fácil, mas é possível sim ter sucesso nos negócios sem sacrificar a família.

Agora que você está inspirada, como vai administrar sua carreira como empreendedora? Me diz aqui nos comentários.

 

 

 

 

 

 

 

 

Sobre o Autor

Jouse Ferreira
Jouse Ferreira

Conheça a Jouse Ferreira na seção "sobre mim" na página Home

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *